AUXÍLIO EMERGENCIAL NEGADO

Saiba como e quando requer reanálise do pedido


A Caixa Econômica informou que os trabalhadores informais que tiveram o pedido ao auxílio emergencial de R$ 600 negado poderão contestar a negativa, pedindo uma reanálise no aplicativo do banco. A plataforma foi atualizada para receber as solicitações.


A Caixa Econômica informou que os trabalhadores informais que tiveram o pedido ao auxílio emergencial de R$ 600 negado poderão contestar a negativa, pedindo uma reanálise no aplicativo do banco. A plataforma foi atualizada para receber as solicitações.


Segundo o vice-presidente de Varejo da Caixa, os principais problemas nas inscrições são erros como:

  • Trabalhador assinalou que era chefe de família, mas não inclui os membros;

  • Informações incorretas sobre a data de nascimento e o CPF;

  • Divergência de outros dados fornecidos pelo requerente, dentre outros.


Importante destacar que algumas situações não permitirão o pagamento do auxílio ao solicitante que tiver vínculo formal de emprego ou for ser servidor público.


Lembrando também que o máximo de beneficiários por família é de duas pessoas do mesmo núcleo familiar, independente da quantidade de pessoas que tenham direito a receber o benefício, dentre outras.


Por fim, agora também trabalhadores inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) poderão fazer um novo cadastramento, reforçando e atualizando as informações.

68 visualizações

©2018 por Andreis, Dalpaz & Marques - Advocacia e Consultoria Jurídica - Todos os Direitos Reservados