PLANEJAMENTO SUCESSÓRIO

Você sabia que pode dar para quem quiser até 50% dos seus bens?


O planejamento sucessório visa preservar a harmonia entre os herdeiros no futuro e fazendo valer, ao mesmo tempo, a sua vontade. Evita um grande estresse para os beneficiários, torna a sucessão patrimonial mais transparente, evita desgastes, atritos, processos judiciais e permite que os herdeiros recebam sua parte de forma legal, correta e mais simples. Sem falar que minimiza custos.


Há várias formas diferentes de planejamento sucessório, com sua aplicabilidade dependendo das necessidades e interesses dos envolvidos.


- Testamento: A mais conhecida das formas de planejamento sucessório. Neste método, o testador (a pessoa que estará passando seus bens adiante) pode distribuir sua herança e beneficiar quem desejar. O testamento pode ser feito de forma pública, onde o testador comparece a um cartório acompanhado de duas testemunhas ou de forma privada, com a presença de um advogado de direito sucessório.


- Holding Familiar: A holding familiar funciona como um tipo de empresa que detém todos os bens dos membros de um mesmo grupo ou de uma família.

A holding familiar garante que a partilha de bens entre os sócios seja estabelecida por contrato, sendo uma ótima forma de reduzir impostos e tributações que incidem sobre o patrimônio após o falecimento de uma pessoa.


- Doações em vida: O seu planejamento sucessório também pode ser feito em vida através de doações. Nessa modalidade você poderá doar parte do seu patrimônio para seus futuros herdeiros usando uma quota máxima anual estabelecida pelo estado. A melhor forma de fazer isso sem perder o patrimônio é doar com reserva de usufruto.


- Previdência privada: Outra forma de garantir a posse segura dos seus bens sem longos processos é por meio da previdência privada, na modalidade VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) ou PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre). Aqui, os herdeiros poderão ser os beneficiários e receberão automaticamente a herança que for colocada no investimento de previdência privada.


- Trust: No modelo Trust você entrega seu patrimônio a uma instituição, determinando como deseja que o processo de sucessão ocorra. A partir daí, os recursos não pertencem mais a você, pois são transferidos de propriedade total ou parcial a terceiros, visando a administração dos negócios em favor dos beneficiários.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo